Notícias

Critérios que orientam a melhor escolha do sistema

Critérios que orientam a melhor escolha do sistema

O conceito de Projetos com câmeras de CFTV apenas visando a cobertura dos ambientes com instalação de câmeras sem nenhum compromisso com o resultado final está ultrapassado e câmeras com maior número de resolução requerem um planejamento maior do local e do objetivo do monitoramento, ou seja, qual o nível de detalhes que se espera do sistema.

Nesse sentido, devemos atentar para os critérios que devem orientar nossa escolha, como: o campo de visão, a resolução horizontal da câmera e conceitos de pixel por metro quadrado.

Quem determina o campo de visão é a distância focal, sendo que quanto menor o “valor da lente” maior o ângulo de visão. Uma lente de 2,8mm proporcionará consequentemente um ângulo de visão maior que uma lente de 6mm.

Durante a elaboração do projeto de CFTV o campo de visão é um dos pontos mais importantes que os projetistas devem se preocupar, isto porque é neste ponto que estaremos decidindo junto ao cliente o que será realmente “observado e gravado”. Devemos perguntar ao cliente e deixar bem claro quais os pontos mais importantes de monitoramento que ele deseja melhores definições de imagem no seu projeto. Como exemplo a observação completa do Caixa de um estabelecimento.

Para calcular quantas câmeras são necessárias em uma determinada área, basta realizar um cálculo bem simples. Este cálculo requer apenas 3 informações: o campo de visão, a resolução horizontal da câmera e pixel por metro.

CAMPO DE VISÃO -  é determinado basicamente pela lente da câmera, é a medida (em metros) do comprimento total onde o objeto de interesse será capturado pela câmera.

RESOLUÇÃO HORIZONTAL DA CÂMERA – apesar das câmeras possuírem diferentes descrições em Megapixel, Full HD e Câmeras VGA, etc., para este cálculo o importante é o número de pixel que a câmera suporta na horizontal. Uma câmera de 2 Megapixel (1600x1200) possui resolução horizontal de 1600 pixels, já uma câmera Full HD (1920x1080) possui 1920 pixels de resolução horizontal.

PIXEL POR METRO (PPM) – é o resultado da divisão da resolução horizontal de uma câmera pelo campo de visão de uma área.

Assim, devemos detalhar em cada projeto o que realmente desejamos capturar.

Como exemplo a observação de placas de veículos.

Dependendo da resolução da câmera utilizada e da lente empregada ( campo de visão), pode ser possível identificar apenas os caracteres maiores de uma placa ou até mesmo de qual cidade o veículo pertence.

Portanto, ao dimensionar o número de câmeras de um projeto, a primeira informação necessária é o PPM mínimo para conseguir atingir o objetivo de monitoramento. O PPM mínimo é subjetivo e pode variar muito de uma pessoa para outra, assim somente é possível saber o PPM mínimo de um projeto realizando testes com diferentes lentes e câmeras.

Após saber qual é o PPM mínimo para o projeto, basta realizar cálculos para identificar o número de câmeras (a resolução de cada uma) e as lentes apropriadas para fazer com que em todo o ambiente de monitoramento seja alcançado o PPM adequado.

Apesar das câmeras megapixel não serem mais novidade no mercado de monitoramento, no Brasil ainda é nítido a falta de conhecimento dos benefícios que o aumento de resolução pode trazer para o consumidor final, não somente em qualidade de equipamentos, mas também financeiramente.

A grande vantagem das câmeras megapixel, é que utilizando a mesma lente, a sua equivalência em relação as câmeras convencionais (720x480) pode ser de 20 vezes ou mais. Fazendo com que o número de câmeras e toda infra estrutura necessária envolvida, como (cabos, mão de obra, fontes de alimentação, lentes, caixas de proteção, etc.) para um mesmo projeto seja também 20 vezes menor.

Um outro exemplo prático que citamos para ilustrar é o “monitoramento de uma pista de pedágio”.

Nesta pista com 14 faixas de 3 metros de largura, seriam necessárias 14 câmeras VGA de 640 pixels de resolução horizontal, já que a densidade mínima neste caso é definida em 145 pixel por metro (PPM). O cálculo da densidade mínima foi feito dividindo-se a resolução em pixel horizontal pelo campo de visão horizontal. Se utilizadas câmeras Full HD, com resolução de 1920 pixels, seriam necessárias apenas 4 câmeras para monitorar a mesma área.

Neste exemplo, ainda que as soluções de câmeras IP Full HD sejam individualmente mais caras, seriam mais interessantes financeiramente devido ao seu alcance tecnológico.

EQUIVALÊNCIA DAS CÂMERAS

CÂMERA

RESOLUÇÃO

PROPORÇÃO EM RELAÇÃO A CÂMERA CONVENCIONAL

CONVENCIONAL

720x480

 

1,3 megapixel

1280x1024

3,8

2 megapixel

1600x1200

5,5

Full HD

1920x1080

6

3 megapixel

2048x1536

9,1

5 megapixel

2592x1944

14,6

10 megapixel

3648x2752

29

Existe um dilema da indústria de segurança: "escolher câmeras analógicas, por terem custos bem mais baixos ou comprar câmeras IP com melhor qualidade".

Devemos enfatizar que "cada projeto de CFTV requer uma solução específica dependendo de sua dimensão".


< Voltar

Geniseg Monitoramento 24hs - Copyright 2013 - Webmail

Agência FixedLincoln CS